Ecos da ETA 2017

  Grupo de Estudo da Tiroide da SPEDM
  com o apoio Merck, s.a.

Comunicações orais

As comunicações orais desta tarde centraram-se em aspetos clínicos da gravidez e infância. Destaca-se o trabalho da Croácia, que pretendeu apresentar os resultados do programa de iodinização universal da sua população (parte croata do estudo SIMPLIFY).

Um grupo de trabalho da Universidade de Barcelona apresentou um estudo retrospetivo que pretendeu avaliar a associação entre níveis elevados de TSH no primeiro trimestre e complicações obstétricas, concluindo que o limite superior de 2,5 mUI/mL permitiu identificar as mulheres com maior risco dessas complicações.


Um serviço com o apoio: